quarta-feira, 7 de outubro de 2009

Surrealismo verídico.

Hoje vi o céu numa posição estranha. As nuvens digo. Se posicionaram em uma formação crescente, frente a frente com o Sol. Como se contemplassem a austeridade e o aparecimento do astro rei após a obscura chuva que se apossou daquela tarde. O resto do céu estava limpo, com um azul celeste comum a dias ensolarados, onde todas a nuvens provavelmente se uniram naquela adoração divina. Hoje eu olhei pro céu. Afinal.

3 comentários:

  1. em descrever as coisas mais simples é que estão os melhores sentimentos/emoções.

    Você olhou para o céu.
    Admiro o real sentido que há nisso, há muito tempo. É para poucos... ;)

    ResponderExcluir
  2. Um belíssimo ponto de vista... :D

    ResponderExcluir
  3. entre uma piscadela e outras, nos deparamos com pequenas situações que nos fazem refletir e lembrar das das lindas que o mundo nos dá... e que as veses por causa de uma vida movimentada ou ate mesmo monotona não percebemos a beleza e leveza do mundo, do ceu...da terra
    é motivador, revigorante... é belo

    uma das poucas sensações que se tem quando se esta assim... a refletir

    ResponderExcluir